Best New Music: Charli XCX & Troye Sivan – 1999

Lançamento: 05/10/2018
Gênero: Electropop
Produtor: Oscar Holter
Compositores: Charlotte Aitchinson, Troye Sivan Mellet, Brett McLaughlin, Oscar Holter e Noonie Bao.

Charli XCX não lança um novo álbum desde 2014, mas continuou divulgando materiais de outras formas. Em 2016, ela compartilhou um EP chamado “Vroom Vroom”, enquanto em 2017 lançou duas ótimas mixtapes, “Number 1 Angel” e “Pop 2”. Em 05 de outubro 2018, após divulgar vários singles, como “5 in the Morning”, “Focus”, “No Angel” e “Girls Night Out”, ela gravou uma colaboração com o Troye Sivan, que recentemente lançou o seu segundo álbum de estúdio. Eles passaram a expressar sua adoração um pelo outro nas redes sociais e deram vida à uma faixa extremamente divertida e despreocupada. Juntos, eles lançaram “1999”, uma canção puramente nostálgica sobre os anos 90. Inicialmente, “1999” vazou como uma demo solo da Charli XCX produzida por Max Martin. Entretanto, ela se encontrou com o Sivan e resolveu gravar uma nova versão produzida pelo Oscar Holter. O resultado é uma homenagem instantaneamente cativante aos anos 90. Tudo o que eles dois querem é voltar para o ano de 1999 e cantar “Baby One More Time” da Britney Spears. “Eu só quero voltar, voltar para 1999 / Pegar uma carona para o meu antigo bairro / Eu só quero voltar e cantar ‘Hit me baby, one more time’ / Quero voltar, quero”. É uma canção com um refrão incrivelmente empolgante e uma produção electropop contagiante. Consequentemente, “1999” possui tudo o que amamos na Charli XCX. Embora seja um novo território para o Troye Sivan, ele não parece fora do lugar.

Sobre uma batida animada, linhas de baixo, sintetizadores coloridos, teclados brilhantes e uma melodia infalível, esta música é simplesmente irresistível. A britânica possui uma presença mais ousada, mas Sivan também fornece uma graça salvadora. Desde a capa verde inspirada em “The Matrix”, esta música evoca várias lembranças daquela época. Na letra encontramos referências à Britney Spears, Michael Jackson, Jonathan Imprimer, MTV e Nike Airs. É tanta nostalgia em um mesmo lugar que qualquer pessoa nascida nos anos 90 vai se identificar. Charli XCX, por exemplo, nasceu em 1992, enquanto o Troye Sivan nasceu em 1995. Com certeza os dois gostariam de voltar no tempo e viajar num Mercedes antigo ouvindo CDs do Slim Shady. “Sim, eu só quero voltar / Nike Airs, e tudo isso / CD, Mercedes antiga / Dirigir por aí escutando Shady / Sem estar sob pressão / Aqueles dias eram tão melhores”, ela canta no primeiro verso. O conceito por trás de “1999” é parecido com o de “2002” da Anne-Marie, no entanto, a interpretação da Charli e do Troye é muito melhor. A partir da primeira audição, a música ficará instantaneamente presa na sua cabeça. A pesada batida e o piano inquietante, que nos lembra do eurodance daquela década, se encaixaram muito bem sob os vocais de ambos cantores. Além disso, como mencionado várias vezes ao longo da review, o conteúdo lírico também nos remonta ao passado. A dupla nos convence facilmente que a vida das crianças dos anos 90 “era mais fácil naquela época”. E assim como um amigo falou, eu afirmo que “1999” é um tesão de música!

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.