Best New Music: A.A.L. (Against All Logic) – I Never Dream

Lançamento: 17/02/2018
Gênero: Eletrônica, Experimental
Produtor: Nicolas Jaar
Compositor: Nicolas Jaar.

Nicolas Jaar é um artista chileno-americano que mora em Nova York. Entre seus melhores trabalhos estão os álbuns “Space Is Only Noise” (2011), “Pomegranates” (2015) e “Sirens” (2016). Desde o seu primeiro registro, Nicolas Jaar embarcou em direções mais experimentais, lançando gravações através do seu próprio selo, Other People. Desde 2013, sua gravadora passou a divulgar excelentes músicas de um produtor chamado A.A.L. (Against All Logic), que na verdade se trata do próprio Nicolas Jaar. “2012–2017” (2018) é o seu terceiro álbum de estúdio sob o nome A.A.L. (Against All Logic). Esse disco é uma coleção de faixas produzidas por ele no período entre 2012 e 2017, e lançado quase sem aviso prévio. Um álbum visto por alguns como uma compilação, que foi imediatamente aclamado pela crítica. O destaque óbvio do repertório é a faixa “I Never Dream”, uma música que mostra o ouvido de Jaar em busca de detalhes, especialmente na forma como ele corta a bateria. Uma música pulsante conduzida por uma discreta amostra vocal. Você fica hipnotizado pela vibe que ele cria, enquanto a amostra vocal é exagerada e as repetições incrivelmente frenéticas.

Pode-se dizer que esta faixa é a coisa mais estimulante e ousada que A.A.L. (Against All Logic) já lançou. A forma como ela gira em torno da linda partícula vocal é simplesmente hipnotizante. Nessa música, Jaar deixou suas habilidades de produção se destacarem, culminando na sua faixa mais divertida em anos. As amostras vocais filtradas entram e saem da canção, girando sobre si mesmas várias vezes. “I Never Dream” funciona bem justamente por causa do ritmo e da amostra vocal animada. Em meio as complexas batidas e linhas de sintetizador, A.A.L. (Against All Logic) criou uma bela peça de 6 minutos. Além disso, a sensação de ansiedade que caracterizou grande parte dos seus melhores trabalhos ainda está presente. É quase impossível não sentir as emoções que Nicolas Jaar exala. “I Never Dream” é mais otimista e excêntrica do que de costume – com sua fusão de diferentes gêneros, estrutura experimental e colagens sonoras. Nicolas Jaar já recebeu muitos elogios no passado e com este álbum eles irão dobrar. São faixas como essa que mostram o quão confiante e completo ele é como produtor!

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.